DIREITOS HUMANOS: um breve comentário