Dicas de leitura: África

Oi pessoal,

Seguem aqui quatro livros sobre África para quem quer conhecer melhor o continente e se preparar para as provas ou apenas se aprofundar por curiosidade.

O primeiro é “História da África” de José Rivair Macedo (editora Contexto), com 189 páginas.

 

 

 

 

 

 

 

 

O livro começa com um breve capítulo sobre a pré-história do continente. Em seguida o autor divide o continente em diferentes área culturais e passa a analisar cada uma delas em suas históricas e dinâmicas internas. O livro não é cronológico neste sentido: cada região é analisada como uma unidade. As áreas são: os povos da Núbia e do Índico, o eixo transaariano e o mundo atlântico.

Depois de analisar estas regiões o autor trabalha um capítulo sobre o tráfico de escravos, um sobre a colonização e um capítulo final sobre a descolonização.
Por fim o autor apresenta diversas sugestões de leitura, fontes que podem ser consultadas na internet e uma lista de filmes africanos sobre temáticas africanas. Muito interessante como referência e aprofundamento.

Em linhas gerais este volume trata mais dos povos africanos antes da conquista europeia do que das relações posteriores.

A segunda sugestão é “História da África e dos africanos” de Paulo Visentini, Luiz Ribeiro e Analúcia Pereira (editora Vozes). São 236 páginas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O livro começa com uma análise da África pré-colonial, traçando as linhas gerais tanto do ambiente geográfico quanto dos grandes grupos étnicos. Já a partir da página 40 o livro aborda o tráfico de escravos para o Brasil e a partir da página 56 começa a análise da conquista europeia. Neste sentido o livro dá menos ênfase aos detalhes da África antes da chegada dos europeus se comparado ao livro de José Rivair Macedo (o primeiro neste post). Outra diferença é a presença de um capítulo final sobre as relações entre Brasil e África hoje. Este capítulo tem forte viés pró-colaboração.

Aos interessados por uma análise mais aprofundada apenas do período contemporâneo a dica é “História da África contemporânea” de Mauricio Parada, Murilo Sebe Bon Meihy e Pablo de Mattos (editoras PUC Rio e Pallas), com 206 páginas.

 

 

 

 

 

 

 

Este livro é menos factual e mais analítico-conceitual. A introdução traz uma discussão sobre domínio, soberania e liberdade a partir de Montesquieu. O livro prossegue analisando as diversas ideias sobre o continente e sobre como deveria ser sua autonomia e independência, apresentando ao leitor um histórico da colonização (capítulo 1) de do movimento pan-africano (capítulo 2). O capítulo 3, que conclui o livro, é bastante longo e trata da descolonização detalhadamente. É um ótimo livro mas, cabe lembrar, não trata das sociedades tradicionais anteriores à colonização. Para uma visão ampla recomenda-se somar este livro a um dos dois anteriores.

Por fim, a quem quiser um mergulho profundo, indicamos “O destino da África” de Martin Meredith (editora Zahar). São 678 páginas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Do Egito antigo aos tempos atuais, Martin Meredith traça uma bela e detalhada história do continente. O livro é bastante completo para formar uma boa primeira imagem da África. Como foi publicado em 2014, traz inclusive eventos tão recentes quanto a Primavera Árabe nos países d norte do continente e um pouco do que ocorreu nestes países até a data da publicação. O livro é excelente e o seu tamanho permite uma análise bastante aprofundada.

Todos estes livros estão disponíveis em livrarias físicas ou online no nosso mercado editorial, por isso são indicados aqui: são de fácil acesso. Certamente seria muito interessante ter também livros escritos por autores africanos. Infelizmente o acesso a esse material no Brasil é restrito ou mesmo impossível, daí a escolha por estes títulos analisados aqui.

Boa leitura 🙂

%d blogueiros gostam disto: