Vídeos – Prof. Daniel

Crise na Ucrânia

Rússia e Ucrânia

Xenofobia na Europa

Síria: acordo entre EUA e Rússia sobre as armas químicas

Segurança e privacidade na internet: Obama, Assange, Wikileaks, Manning e Snowden

Ciberguerras

Conflitos no Cáucaso Russo, separatismo e jihadismo

Egito

Primavera Árabe, um panorama

Chavismo após Chavez

Coreia do Norte (março-abril de 2013)

A crise no Mali

Coreia do Norte

Ataques a embaixadas dos EUA

Crise economica e separatismo na Europa

Síria (agosto 2012)

Malvinas

Islamismo

Irã

Sudão

Afeganistão e Iraque

Israel

Primavera Árabe

Crise econômica e protestos de 2011

Comentário sobre a Síria

Pedido palestino de adesão plena à ONU

Comentário sobre a Líbia

Comentário sobre o “Tea Party” e o impacto da crise do EUA no mundo.

Comentário sobre o aumento do teto da dívida dos EUA.

Aula: Fundamentalismo.

Duração: 22 minutos.

 

124 comments

  1. Oi, sobre sua aula egito-libia que vc deu nas turmas extensivo sp, gostaria de saber porque nao se cria dois paises na libia ja que esta quase que evidente que as tribos estao focalizadas em leste e oeste, nao estao misturadas como em israel e palestina? Seria apenas por causa dos poços de petroleo?

  2. Oi Lia,

    Essa seria uma solução que já foi pensada até pela diplomacia brasileira. Infelizmente, dividir o país não é tão simples nem resolveria todos os problemas….além de criar novos problemas.
    A maioria dos poços está no leste, assim sendo uma divisão levaria o oeste a ser mais pobre. Por outro lado, para que o petróleo do leste chegue à Europa, ele passa por oleodutos que cruzam o oeste. A separação mudaria essa separação e uma eventual reação do oeste poderia cortar esse fornecimento.
    Em terceiro lugar: quem tem autoridade e direito de dividir um país? Imagine o precedente legal que se abre num caso esses.

    A divisão seria uma solução, mas depende antes de um processo de paz e de um plebiscito que aprove essa divisão, como no Sudão.

    Um grande abraço e bons estudos!

  3. Daniel, gostaria de saber sobre o conflito comercial entre Argentina e Brasil.
    Os “embargos” econômicos brasileiros feitos a Argentina, são substanciais para a economia argentina ou apenas um “apelo” para a baixa do protecionismo?
    Obrigada

  4. Daniel, a lingua mais proxima do latim que temos hj é o italiano?!? E do grego??

    abraços e otimo site por sinal

  5. Oi professor,
    Achei muito interessante o vídeo de Fundamentalismo. Ele ajudou a quebrar algumas idéias vinculadas pela mídia. Esse tema me lembra um livro chamado “Diário de Guantánamo” de Mahvish Rukhsana Khan Você conhece? Você poderia indicar algum livro sobre o fundamentalismo?

  6. Oi Karine,

    Há um livro chamado “Al Qaeda – a verdadeira história do radicalismo islâmico”, do Jason Burke, que é muito bom. Outro chama-se “Choque de Fundamentalismos”, de um paquistanês cahado Tariq ALi. Os dois estão disponíveis em português.

    Bons estudos 🙂

  7. Oi Viviana, desculpe a demora.
    O Brasil e a Argentina vivem em confronto comercial, já que nossa economia é mais forte que a deles e isso gera um déficit na balança de exportações deles. Os embargos e bloqueios são esforços dos dois lados para buscar pressionar o outro.

    Um abraço 🙂

  8. Respondi mas não foi….
    O italiano é sim o principal herdeiro do latim. Tanto o grego quanto o latim influenciaram muitas outras línguas, mas nesse caso o grego não gerou tantas “descendentes” quanto o latim. O grego ficou mais como uma influência, já o latim virou uma família linguísitca maior.

    Obrigado pelo apoio ao site, um grande abraço.

  9. Bom dia Daniel, tudo bem? também sou professor (em inicio de carreira) aqui de Goiânia, e seus videos tem me ajudado bastante, a propósito, gostaria de umas dicas suas se for possivel claro: leciono para o ensino fundamental – 6º ao 9º (disciplina de História), como eu opto muito pela leitura do conteúdo em sala, as vezes sinto que a aula não rende e fica cansativa…poderias me dar uma dica para torna-la mais didática e mais atrativa? esse método de leitura do conteúdo em sala é bom? ou seria melhor aula expositiva sem leitura?
    desde ja muito obrigado…grande abraço.

  10. Olá Juvêncio,

    Fico muito feliz de poder ajudar um colega que está começando 🙂
    Eu já dei aula para o fundamental, mas isso foi há uns 7 ou 8 anos e foi uma experiência de apenas um ano. De maneira geral, nunca funcionou bem comigo a ideia de ler o conteúdo, ainda mais hoje em dia. Se quiser, me mande um email em daniel@historiaonline.com.br e conversamos mais detalhadamente.

    Um grande abraço

  11. olá professor! adorei o seu vídeo sobre fundamentalismo, que inclusive despertou uma maior curiosidade sobre a Guerra Fria. Gostaria que você fizesse um vídeo falando mais sobre as guerras regionais que ocorrem no contexto da Guerra Fria, como: Guerra da Coreia, a Guerra do Vietnã, a Guerra do Afeganistão e a Guerra das Malvinas.
    Obrigada
    Abraços

  12. Oi Naiane,

    Gostei da sugestão 🙂 Vou tentar gravar sim. Só não prometo uma data pois, como vcs sabem, esse é um trabalho voluntário nosso e nem sempre se encaixa no horário de trabalho rs.
    Abraços e bons estudos

  13. Daniel, td bem?
    vc pode me explicar, por favor,os termos: taxa básica de juros e selic?
    obrigada

  14. Oi Natalia,

    Selic é a nossa taxa básica de juros e costuma ficar entre 10 e 12%. Ou seja, se eu aplicar 1000 dólares no Brasil, em um ano terei um rendimento entre 100 e 120 reais. Ela serve como referência para os rendimentos no país, para aplicações, para definir os juros das compras a prazo, o financiamento da casa própria e etc. Quando a taxa é alta, o país se torna atraente para o dinheiro estrangeiro, como é o caso hoje. Por outro lado, uma taxa alta torna o país mais caro para os próprios brasileiros. O governo ajusta essa taxa de acordo com suas estratégias econômicas.

    Ajudou?

    Bons estudos.

  15. Olá Daniel tive aula com você semana passada sobre China e gostaria de saber se não há uma chance de em algum momento a população se rebelar contra a opressão do Estado ou quando comparar seu salário com o salário pago outros países.. Obrigado, Arthur

  16. Arthur,

    Muito difícil responder sua pergunta. Possibilidade existe sempre, mas o governo tem muito poder sobre a população. Depende de uma relação muito delicada entre o governo e o povo, de uma mistura de repressão e progresso econômico, da coragem do povo…enfim, de uma soma de fatores bem delicada. Lembre-se que povos não são equações lógicas. Dois povos submetidos às mesmas condições vão reagir de forma diversa dependendo desses e muitos outros fatores.

    Um abraço

  17. Parabéns pelo vídeo sobre a Questão da Líbia…. realmente ficou muto legal propiciando uma base argumentativa muito boa.

  18. Daniel,

    A propósito, seria interessante uma aula sobre China, algo que inclua desde a questão da Manchúria, as Guerras do Ópio e dos Boxers, as revoluções Chinesa e Cultural, o governo de Deng e a atual situação geopolítica e econômica do país.
    Aposto nisso como um tema de destaque no vestibular devido a maior expressividade chinesa na atualidade.

    Muito Obrigado,

  19. Ola Daniel, assisti ao video do fundamentalismo e fiquei com uma duvida: Qual o motivo do ataque as torres gemeas?
    aguardo resposta.
    Obrigada!

  20. Olá Ana,

    Do ponto de vista dos extremistas, os EUA são uma potência imperial que interfere nos outros países do mundo em nome de seus interesses, e que apoia governos ditatoriais em todo o mundo, governos que reprimem suas próprias populações. As torres gêmeas eram o símbolo mais forte do poder econômico dos EUA, por isso o ataque.

    Ficou mais claro?

    Um grande abraço.

  21. Daniel,

    Se possível, uma sugestão: uma aula sobre a Guerra dos Seis dias e os confrontos subsequentes entre Israel e a Palestina como o do Yom Kipur.

    Obrigado.

  22. Oi Pedro,

    Já está nos meus planos sim, mas também está nos materiais de Geografia. Vou esperar a questão do reconhecimento palestino na ONU se definir um pouco mais.

    Abs

  23. Quanta riqueza de conhecimento em um site. Estou encantada com as aulas, os videos. Parabéns professores pelo excelente trabalho de você…

  24. Parabéns pelo trabalho,as aulas estão perfeitas e interessantíssimas.A escola de frankfurt possui alguma influência ou projeção nesses movimentos sociais que ocorrem atualmente?

  25. Olá Rennan,

    Muito obrigado pelos elogios.
    Quanto à influência da Escola de Frankfurt nesses movimentos, não acho que seja o caso. Talvez entre alguns membros sim, mas o movimento como um todo parece realmente emergir das necessidades urgentes criadas pela crise econômica e pelas questões específicas de cada país. Digo isso porque não há uma liderança ideológica ou filosófica clara e centralizada. Ao que tudo indica (posso estar errado), a movimentação é de fato espontânea.

    Abs

  26. Daniel, parabéns . Já assisti à duas palestras suas em Taubaté e gostei muito .

    Vídeos claros e temas importantes, ótimo trabalho !

  27. Professor, gostaria de perguntar sobre 2 assuntos: primeiro, queria saber se a revolução do Egito seguiu o caminho do Irã, no qual subiu ao poder um governo radical.
    Segundo, queria saber também qual o objetivo da mídia ocidental ao criar a simplificação da interpretação da imagem de sunitas e xiitas como moderados e radicais, resprctivamente.
    Desde já agradeço

  28. Daniel, o que sao crimes de guerra? E por que hoje em dia nao acontecem mais aquelas guerras por territorios? Nao digo por interesses economicos, como os EUA no Iraque, mas sim interesses expansionistas.

  29. Daniel, pode me ajudar com uma duvida? O Mercosul permite a livre circulacao de pessoas ou apenas de mercadorias? O que e importante saber alem de que o bloco e uma uniao aduaneira?

  30. Oi Pedro,

    Ainda há restrições quanto a trabalho e residência, mas os cidadão dos países membros já não precisam de passaporte para circular no bloco.

    Abs

  31. Ai professor, caiu hj na prova da Fuvest uma questão sobre o Sudão, felizmente eu havia assistido ao seu vídeo. Muito obrigada pela clareza e por disponibilizar para nós este veículo. Parabéns pelo desempenho como disciplinador. Grata mesmo!!

  32. E caiu também sobre a primavera árabe, quando eu vi… respirei contente, ahahahah, seus vídeos são muito esclarecedores!

  33. Olá Professor,estou fazendo uma pesquisa e preciso de fotos sobre a guerra da Indochina,com conflitos com franceses ou mesmo japoneses,procurando no google a maioria das fotos são dos confrontos militares,mas gostaria de fotos que mostrassem de que maneira o conflito afetou o meio civil,quais atrocidades foram cometidas,se tiver tais fotos ou se souber onde achá-las ficaria muito agradecido.
    Desde já obrigado!

  34. Oi Rennan,

    Esse tipo de foto é muito difícil. A fotografia oficial glorifica os combates e os soldados, e raramente se volta para o tema dos civis.
    Vou procurar, mas já te digo de antemão que não é fácil.

    Abs

  35. Felipe,

    Por estranho que pareça, há convenções internacionais sobre o que pode ou não ser feito numa guerra. Os países signatários se comprometem, por exemplo, a “proteger os civis” e tratar bem os soldados capturados. Claro que isso não acontece. Os crimes de guerra são, em geral, cometidos contra a população civil e incluem execuções, estupros e outras violências. QUanto ao tipo de conflito que você perguntou, hoje as fronteiras estão bem estabelecidas e é raro uma anexação de um país por outro. Mas, se pensarmos por outro lado, a invasão do Iraque foi sim um expansionismo, porém no sentido econômico principalmente.

    Abs

  36. Oi Victor,

    Sobre o Egito ainda é cedo para falar. O processo ainda está em andamento, ainda não há um presidente eleito e etc.
    Quanto à simplificação sobre xiitas e sunitas, é interessante pensar que ela vem primeiro da ignorância sobre a cultura islâmica. Além disso, a maioria dos países sunitas é pro´-ocidental, ao passo que o Irã, xiita, passou a ser retratado como “mau” depois da revolução de 1979, que levou a uma mudança nas regras de exploração de petróleo por empresas ocidentais. O interesse é econômico. Lembre-se que a mídia forma a “opinião pública”, cujo apoio, numa democracia, é necessário para fazer guerras.

    Abs

  37. Boa Tarde Daniel.
    Tenho uma dúvida em relação à bolsa de valores.
    Ouço falarem mas, na verdade nao compreendi sua função, voce pode esclarecer?

  38. Olá Lucas,
    A Bolsa funciona basicamente como um mercado e uma casa de leilão. Nela, são negociadas ações de empresas e mercadorias. O valor dessas ações e mercadorias varia de acordo com a relação oferta X demanda e com as expectativas do mercado.
    Exemplo: a Petrobras tem ações na bolsa. Se a China anunciar que vai aumentar a sua compra de petróleo, isso significa que o setor petrolífero terá lucros. Assim sendo, as empresas desse setor sofrem uma valorização já que pessoas e outras empresas podem comprar ações da Petrobras justamente para receber parte desses lucros futuros. Vale o caso contrário também: se a China anuncia que vai crescer menos, isso significa que ela comprará menos matéria-prima. Ou seja, as empresas ligadas a esse setor de matéria-prima podem reduzir suas expectativas de lucros. O investidor, portanto, vende suas ações dessa empresa, o que causa uma desvalorização. Ficou mais claro?

  39. Ahhh! Intendi…
    Ficou melhor pra entender as crises de 29 e 2008.
    Muito obrigado Daniel.

  40. Boa Noite Professores.
    Hoje assisti um vídeo que está rodando pela internet sobre um chefe de uma guerrilha da Uganda, o Josehph Kony que mutilava crianças,sequestrava, provocou diversos crimes contra a humanidade e está na lista dos mais perigosos segundo a Corte Internacional. O Vídeo é muito chocante e eu tenho vontade de divulgar pois muitas pessoas nao possuem conhecimento sobre o assunto. Porém eu tenho certas duvidas pois além de poder ser um jogo politico dos EUA em querer ocupar militarmente o país, vi alguns argumentos que diziam, eles já fizeram isso na época do Vietnã, eles querem apoio da população pra invadir, 2012 é ano de eleição. Então, quero saber a opinião a respeito do caso, se voces acham que o vídeo é uma ação humanitária ou simplesmente um jogo politico, uma estrategia.
    Aqui abaixo está o link do video se voces nunca assistiram.

    Abraços Daniel e Rodolfo.

  41. Oi Lucas,

    Eu sou cauteloso. Pouco tempo depois da divulgação, surgiram suspeitas sobre as reais intenções da ONG que promoveu o vídeo, incluindo suspeitas sobre o real destino do dinheiro arrecadado. Aí ficamos meio perdidos mesmo, sem saber em que lado está a verdade. De qualquer forma, o fato é que realmente há muitas crianças em conflitos armados na África. Verdadeiro ou não, o vídeo aponta uma questão real e grave.

    Abs

  42. Professor Daniel, muito obrigado por esta educação cidadã que o senhor juntamente com o Rodolfo nos possibilita.
    Queria parabenizá-lo pelos vídeos e sugerir que você falasse sobre os problemas na zona fronteiriça do Brasil com a Bolívia, com o foco no Acre, e no presidente Evo Morales e suas ações políticas, visto os últimos acontecimentos. E aproveitando este assunto,(dar uma brecha) falar sobre os processos de formação fronteiriça e de reordenamento territorial do Brasil desde a Bula Intercoetera, passando pelo Tratado de Tordesilhas ,Tratado de Madri, Tratado de Santo Idelfonso, anexação de territórios paraguaios, o Uruguai(Guerra de Cisplatina), a compra do Acre, etc… E aqueles problemas do Pará, com a possível divisão em três estados…. [ e outros importantes que desconheço…]
    Já agradeço!!!!

  43. Olá Luís,

    Fico muito feliz com o apoio e os elogios. Tratarei parte desses temas sim, assim que possível. Não é fácil conciliar os horários de trabalho, o trabalho em casa e o site. É bastante coisa rs.
    Abs

  44. Oi, adorei os videos e os resumos me ajudaram bastante! Sugestao: videos sobre o conflito na regiao da caxemira seria bem interessante.Gostaria tambem de saber a diferenca entre turcos otomanos e seldjucidas? Outro tema que seria bem interessante sobre geopolitica a questao das decisoes sa Cristina sobre o petroleo Argentino. Obrigada pelo espaco!

  45. Oi Felicia,

    Muito obrigado pela visita e pelos elogios. A questão da ARgentina será tratada em breve, bem como a da Bolívia.

    Quanto aos turcos, eles são um povo que se divide em vários grupos, por isso os diferentes nomes. Os Seljúcidas formaram um império em torno do século XII, já os otomanos iniciaram sua expansão a paritr do séculos XIV.

    Abs

  46. Prof Daniel
    Se o senhor puder faça videos sofre o 1 e 2 choque do petroleo, abordando a questao da religião sunita e xiita, por favor.
    Obrigada
    Bárbara

  47. Oi Barbara. Já há vídeos sobre sunitas e xiitas na minha página, são os vídeos sobre islamismo e fundamentalismo. SObre petróleo ainda vou gravar.
    ABs.

  48. Bom Dia Daniel.
    Quero saber qual a diferença entre medida uni, bi e multilaterais, que são constantemente comentadas nos noticiários.
    Obrigado.

  49. Oi Lucas,

    Lateral no caso se refere ao “lado” envolvido…ou seja, ao país/Estado
    Unilateral: medida adotada por um único país, sem consultar os outros, sem submeter sua medida a uma aprovação.
    Bilaterla: que envolve dois países (comércio é um bom exemplo, assim como intercâmbios culturais ou científicos).
    Multilateral: que envolve vários países.

    Esclareceu?
    Abs

  50. Poxa professor, Muito legal seus vídeos, uma vez fui em uma palestra sua no Shema, quando tiver por favor anuncia aqui!! muito legal mesmo!!

  51. Oi Tayane, muito obrigado 🙂
    Esse ano nao sei como sera’ no Shema, mas temos feito alguns eventos em SP e queremos trazer para o eixo SJC-Taubate tambe’m. De qualquer forma, aqui no site sempre tem alguma coisa.
    Abs

  52. Olá Daniel!
    Não estou conseguindo visualizar seus vídeos (como os sobre Malvinas, Irã etc.)
    Teria como você disponibiliza-los no youtube ou me informar o que devo fazer para assisti-los?
    Desde já agradeço!

  53. Oi Aline,

    Acabei de abrir o vídeo aqui e está rodando normalmente. Já tentou outro navegador (Chrome, Firefox)? Deve ser algum problema de compatibilidade, pluggin, essas coisas técnicas.

    Abs

  54. Daniel, você poderia fazer um video sobre a revolução mexicana e crise européia? Obrigada!

  55. Gostei muito do trabalho de vcs!!!
    merecem parabéns!!!

    E ainda ganhei uma dica de fazer uma estante bem eficiente e simples: tábuas e tijolos!!!! estou precisando de uma mesmo!!

  56. Oi Antonio, muito obrigado 🙂
    E sobre a estante, só tome cuidado porque acima de uma certa altura ela fica instável rs.
    Abs

  57. Oi Nicole, estes vídeos estão nos meus planos sim, mas ainda sem data certa.
    Sobre a crise, há um vídeo do ano passado que ainda é útil.
    Abs

  58. Daneil eu estava vendo o seu video sobrea catalunia e a ciese economica mas teve uma parte que nao entendi.Se caso a cataluha se separasse ela ainda faria parte da UE??ou precisaria novamente ser readmitida passando pelos processos de admissão?
    Se ela nao pertencer a UE,será que mesmo assim vale a pena a divisão?
    grande abraço

  59. Daniel, tudo bom? Parabéns pelo trabalho, você pode me dizer qual a posição da Turquia na guerra na Síria?

  60. Oi Ana,

    A Turquia está em uma posição delicada, pois muito srefugiados sírios estão cruzando a fronteira e a artilharia síria chegou a atingir territóriuo turco. Com essa situação, a tensão se elevou e a Turquia respondeu com ameaças. Segundo o o governo, a Turquia está pronta para se defender caso seja necessário. O fato da Turquia ser da OTAN também torna a crise mais delicada, mas or outro lado é bom lembrar que as ameaças fazem prate do jogo político e nem sempre são levadas adiante. Servem justameente para que não seja necessário partir para ações armadas.
    Espero ter ecsclaarecido.Se restaram dúvidas, pode me mandar. Abs

  61. Primeiramente, parabens pelo trabalho!(Me interessei bastante por historia comtemporanea depois que conheci o site)
    Eu gostaria de saber como os Estados Unidos tiveram tanta influencia em diversas nações
    (na formação de ditaduras e monarquias) em suas descolonizacões e quais destas nações
    ainda são fieis a estes.Abraço!!

  62. Bah muito bom os vídeos, dá para entender melhor os conflitos. Como a questão de Israel e Palestina que é bem delicado. Viu professor que a Palestina foi reconhecida como Estado observador da ONU, não sei bem o que eles podem ganhar com isso? Mas, comemoraram muito 😀
    Agora, será que os assentamentos judaicos podem ser considerados ilegais na Palestina?
    Parabéns pelo excelente trabalho e pela ajuda !!!!

  63. Oi Luana,

    A questão dos assentamentos é bem delicada e fará (quem sabe, um dia) parte de outro acordo. Mas o reconhecimento da Palestina faz com que os palestinos ganhem mais força e possa, por exemplo, processar Israel no comitê de direitos humanos.
    Ajudou?

  64. Professor do céu, eu estava aprendendo sobre o as Revo. Liberais, e meu prof. contou da Rev. Liberal q aconteceu na Grécia a qual conseguiu a sua independência apoiada pela Rússia. Só que a Rússia, segundo o meu professor, só apoiou a independência para ter uma saída para o Mar Mediterrâneo através da Grécia. Daí, eu lembrei do seu vídeo, dizendo que a Rússia só não apoia a Revolução na Síria, pq ela tem uma base naval lá. Interessante neh 😀

  65. Gostaria de agradecer pelas aulas que tive no seu canal,
    PASSEIIIIIIIIIII NO VESTIBULAR DA UEMG!!!!!
    Meu muito obrigada e todo meu carinho
    continue sempre com essa missão de educar!!!
    boas festa e feliz natal!!!!
    é o que deseja a nova caloura de engenharia!!!
    =D

  66. Thais, em primeiríssimo lugar, PARABÉNS!
    Fico muito feliz de ter ajudado de alguma forma, mas o mérito é totalmente seu. Boa sorte 🙂

  67. Oi, Daniel! Tudo bem?

    Sou do Poliedro e na sua última aula você comentou que tinha postado no site um vídeo sobre o reconhecimento da Palestina na ONU, mas não consegui achar, pelo menos não nessa página. Vi um vídeo sobre Israel, só que é sobre sua formação, e o conflito com o Irã, não propriamente essa questão. Pode me ajudar nisso, por favor? 🙂

    Obrigada desde já, e desculpa por não conseguir achar sozinha.

    Até mais!

  68. Oi Jéssica,

    Tem um video do ano passado sobre o pedido de adesão à ONU. Na prática, ele continua valendo, são as mesmas questões. Para complemenar o vídeo, veja o post do dia 29/11. Pra facilitar, aqui vai o link: http://wp.me/pBdlS-2m0

    Abs

  69. Daniel, não sei se alguém já comentou disso contigo (de repente o problema é só comigo, hehe), mas achei que valia tocar no assunto.
    Tem algum motivo especial para você não postar mais teus vídeos pelo youtube? Minha internet aqui em casa não é das piores, mas sempre que vou ver teus vídeos pelo VideoPress tenho problemas pois demora uma eternidade para carregar. O que não ocorre com nenhum outro aqui do site. Algo me faz acreditar que seja por causa do site em que está hospedado que não comprime muito o vídeo deixando-o mais pesado na hora de carregar.
    Se de repente esse problema for mais recorrente com outros usuários e não houver um motivo muito específico para você utilizar o VideoPress, fica a sugestão.

    No mais, aproveito para parabenizar o trabalho maravilhoso de vocês.
    Só fiquei chateado por ter perdido as inscrições para as aulas do Rodolfo de revisão de hist. Geral, hehehe. Estou surtando de medo da Fuvest.

  70. Oi Joel,

    Foi bom vc avisar, muito obrigado. Vou tentar resolver isso nas férias, adicionando os vídeos no YT também.
    Já deu uma nova olhada na Loja? Ainda havia uma ou outra vaga para os cursos do Rodolfo (não garanto, mas dê uma olhada).

    Muito obrigado pelo apoio ao projeto e pelos elogios, e feliz ano novo 🙂

  71. gostaria de registrar meu MUITO OBRIGADA pela ajuda que o site de vocês está me dando!!! Estou me preparando para segunda fase da FUVEST e os vídeos do site me ajudam a fazer um resumão de história, já que temos pouco tempo pra se preparar até o dia da prova!!! Parabéns pela iniciativa e espero muito que continuem fazendo o maravilhoso trabalho de educação cidadã que é a principal proposta do site! Gratidão, bjs.

  72. #gravamaurinho só pra fortalecer o movimento! rsrs Sou professor em começo de carreira e sem dúvidas vocês têm me ajudado muito! Eu basicamente tento compilar um pouco de Rodolfo, Daniel e Maurinho, três feras. Daniel, existe um site (www.vestibulandia.com) que compartilha da mesma ideia do historia online, educação cidadã, porém voltado para a área de exatas, principalmente matemática. Acredito que seria interessante a divulgação, pois, assim como o ho, ele está repleto de aulas de qualidade. Grande abraço de Taubaté!

  73. Daniel, é correto eu falar que as Malvinas foram invadidas pela Inglaterra?

  74. Prof, por acaso você tem algum vídeo comentando questões sobre a África?

  75. EM breve gravarei um vídeo sobre o Mali e há um sobre o Sudão.
    Além disso, a Primavera Árabe também é africana, temos vídeos a respeito 🙂
    Abs

  76. Professor, Por que Israel ta construindo um muro para separar a Cisjordânia do seu território, sendo que há assentamentos israelenses na Cisjordânia? Israel vai isolar o seu próprio povo??

  77. Professor, Em um pergunta sobre o caráter politico-religiosa do islamismo, eu posso responder com base no fato deles terem a religião vinculada ao Estado?

  78. Felipe, o muro tem vários pontos de controle para as pessoas passarem (sob fiscalização) e há estradas exclusivas para os colonos judeus na Cisjordânia. Abs

  79. Daniel parabens pelos videos, ajudam muito os vestibulandos
    Gostaria de saber se você vai disponibilizar também as aulas em pdf
    Obrigado

  80. Oi Daniel,
    Parabéns pelas aulas, elas estão me ajudando muito!
    abraço!

  81. Professor Daniel,
    Primeiramente, parabéns pelo belíssimo trabalho que vocês realizam no HO! As suas aulas são espetacularmente elucidativas.
    Eu gostaria de saber se o senhor postou algum vídeo a respeito dos conflitos no Caucaso.
    Agradeço a atenção.

  82. Parabéns, virei seu fã.

    Quanto ao vídeo sobre a Síria, obrigado, me esclareceu muitas duvidas

  83. Estou confusa. Os vídeos obedeceriam a alguma ordem?

    obrigada desde já!

  84. Profs queridos, na espera pelo início das aulas da facul (uhul :D) me pego já com saudades das aulas de vcs, dos vídeos e dos bate-papos. Desejo pra vcs muita energia, para q esse trabalho maravilhoso nunca chega ao fim. Vamo q vamo! 😉

  85. Daniel, está faltando agora, como você pode bem imaginar um vídeo sobre situação ucraniana, motivos, raízes e desenrolar. Estou esperando, pois sou grande admirador do seu trabalho. Obrigado

  86. Daniel, esta correto chamar as manifestações de junho de 2013 de “jornadas de junho”? Esse tempo implica em alguma conotação positiva ou negativa?

  87. Marina, este foi um nome dado tanto pela mídia quanto por alguns dos manifestantes. O termo acabou se consolidando. É importante lembrar que as manifestações não eram homogêneas, portanto não havia um projeto unificado. Quanto ao termo, “jornada” nesse sentido não tem conotação nem positiva, nem negativa. Faz referência apenas ao fato. É como “marcha”. Ao longo da história, houve “marchas” vistas como positivas e outras como negativas.

  88. Caro professor, primeiramente quero atestar a minha enorme admiração pelo seu trabalho.
    Tenho visto seus vídeos e eles são fantásticos. Preciso de uma ajuda do senhor: sou aluno da Escola de Comando e Estado Maior do Exército e estou fazendo uma pesquisa sobre a guerra de Yom Kippur, mais precisamente sobre a atuação da Sétima Brigada Blindada do Exército Israelense com sua missão e sua manobra defensiva face o inimigo sírio.
    Bom, eu sei que é muito difícil conseguir uma literatura que abarque o assunto, ,ais fica aí minha solicitação e admiração pelo teu trabalho.

  89. Caro Anselmo, muito obrigado pelos elogios e pelo apoio ao nosso trabalho.
    Infelizmente, temo não poder ajudar. Do pinto de vista da história e da geopolítica, as análises são muito mais sobre causas e efeitos, não chegamos a analisar as manobras em si.

    Um grande abraço

  90. Daniel, é a primeira vez que entro nesse site. Fui aconselhada por um estudante de história a estudar por aqui, então não conheço e site e não bem como funciona. Você tem alguma aula em relação a crise de 1929 e a Europa após a Primeira Guerra Mundial? Obrigada desde já!

  91. Olá Gabriela,

    O prof. Rodolfo aos poucos vai disponibilizar vídeos que são um curso completo de História Geral. As últimas aulas foram Revolução Industrial e Rev. Americana, em breve esse período sobre o qual você perguntou será tratado.

    Abs

  92. Ótimos vídeos, vcs estão sendo de grande ajuda. Muito Obrigado!
    mas eu queria que suas aulas fossem no formato só de áudio para download se der. Valeu!

  93. Parabéns pelos vídeos! Gostaria de sugestão de livros para aprofundar estudo sobre os árabes, islã e o Oriente em geral. Obrigada!!!

  94. Solange, muito obrigado
    Para um primeiro contato, eu recomendaria “Uma breve história do Islã”, de Tamara Sonn. Outra boa sugestão é “Uma história dos povos árabes”, de Albert Hourani. Esses dois livros são uma excelente introdução geral ao tema, acho que é um bom começo justamente porque seus autores buscaram traçar um quadro geral ao invés de trabalhar detalhes específicos. Comprei os dois pela internet, de grandes livrarias como a Saraiva ou a Cultura. Não deve ser difícil de achar. O da Tamara Sonn é excelente para um contato inicial, didático em ser simples demais, aprofundado nas questões importantes mas numa linguagem que não exige que o leitor seja um especialista. Boa leitura.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s