Oi pessoal, hoje falaremos de refugiados e imigrantes e das maiores crises atuais

Como dissemos no post anterior, recentemente a ONU divulgou seu relatório chamado Global Trends, que serve de base e referência para os estudo sobre o tema e, também, para as questões de provas. Se você quiser ver o documento original, clique aqui.

Não lembra a diferença entre refugiados e imigrantes? Dá uma olhada nesse vídeo aqui.

Hoje vamos ver as principais crises e os maiores destinos de refugiados

Primeiramente, quais são as maiores crises?

O print  nos responde:

Síria

Afeganistão

Sudão do Sul

Myanmar

Somália

 

É legal saber de cabeça?

É legal sim, olha essa questão da Unicamp 2017

De acordo com a Organização das Nações Unidas, a população global submetida a deslocamentos forçados cresceu substancialmente durante os últimos decênios, passando de  milhões para  milhões em 2015. Desse total, os refugiados representam  milhões de pessoas,  milhão a mais que o total registrado  meses antes. Mais da metade dos atuais refugiados do mundo  procede de três países afetados por conflitos armados.

Adaptado de Agência da ONU para Refugiados – ACNUR – Documento Tendencias Globales, 2015.

Indique quais são esses três países.

a) Myanmar, Síria, Somália.

b) Síria, Afeganistão, Somália.

c) Afeganistão, Grécia, Macedônia.

d) Grécia, Macedônia, Myanmar.

Atenção: os dados mudaram, hoje a questão não teria solução da forma como está, mas veja que era necessário sim saber a sequência das grandes crises.

Outro destaque: estas são as crises que, AO LONGO DOS ANOS, somaram mais refugiados. Ou seja, são as maiores nacionalidades afetadas na soma dos anos. Veremos em outro post que, em um ano isolado, outras crises podem ser as mais graves e mesmo assim podem não aparecer na liderança quando se soma todos os anos.

Quer ver uma lista maior? Aqui vai.

 

E quais os países que mais recebem refugiados ou deslocados?

 

Aqui temos a lista que mostra o que comentamos no post anterior: as pessoas em geral fogem para os países vizinhos. Há uma exceção, a Alemanha, que se explica por ser o país mais rico da Europa e um dos mais ricos do mundo.

Segundo o relatório da ONU, a Turquia é o país com mais refugiados e deslocados no mundo. Guarda isso pra prova hein!

Depois a lista continua:

Paquistão

Uganda

Sudão

O que esses cinco países tem em comum? 

São vizinhos de crises como a da Síria, Afeganistão e Sudão do Sul.

Outra dica importante: a Ásia é o continente com mais refugiados no mundo. Pode parecer lógico, mas por impulso muitas pessoas pensam na Europa, já que as notícias na TV priorizam as cenas em que os refugiados chegam ao continente europeu em barcos lotados.

Essa percepção está errada, distorcida pela cobertura que temos aqui no Brasil a respeito das notícias mundiais.

É bom sempre lembrar também: Oriente Médio é Ásia!

Sim, sim…se a gente para pra pensar, é óbvio né? Mas as provas fazem diferente, baseadas em um fato comum nos cursinhos e apostilas.

Qual fato?

O Oriente Médio, dada sua importância, é trabalhado quase como se fosse “outro continente”.

Essa visão é explorada em provas. A UNESP já perguntou certa vez quais eram os principais conflitos da Ásia Ocidental. Muita gente não conseguiu responder.

E se a sua prova pedir mais países além desses cinco? Aqui a lista maior.

No próximo post trataremos das maiores crises de 2018, isoladamente.

Já conhece nossos curso online?

Se não conhece ainda, vem dar uma olhada, tem muita coisa boa. É só clicar aqui.